Alergias: saiba mais sobre esse problema

A rinite alérgica é um dos tipos de alergia mais comuns entre a população
Você provavelmente já teve alguma crise alérgica, ou conhece alguém que sofre com o problema. Certo? Atualmente, cerca de 30% dos brasileiros apresentam rinite alérgica, um dos tipos de alergia mais comuns entre as pessoas, de acordo com a Associação Brasileira de Alergia e Imunologia.

A alergia é uma característica 50% hereditária, porém para aqueles que não apresentam a tendência genética, ela pode ser desencadeada em qualquer momento da vida em razão de uma hipersensibilidade do organismo ao entrar em contato com algum agente alérgeno, que pode ser encontrado em fibras de tapetes, poeiras domésticas, ácaros, pelos de animais, perfumes e medicamentos, por exemplo.

Durante um quadro alérgico, o organismo produz quantidades excessivas de anticorpos que liberam substâncias como a histamina e outros compostos provocando reações nada agradáveis, como inchaços da pele, coceiras, espirros, congestão nasal, entre outros sintomas.

Agravantes da rinite alérgica

O tempo frio e seco é um dos agravantes para a rinite e asma, um outro problema bastante comum entre a população. Nesses períodos, os agentes alérgenospermanecem por mais tempo no ar provocando as crises alérgicas. Além disso, os resfriados e os ácaros que ficam em casacos e cobertores contribuem para o surgimento do problema.

Os sintomas mais comuns das alergias são as tosses, congestionamento nasal, falta de ar e coriza, e o tratamento deve ser indicado por um otorrinolaringologista.

Veja algumas dicas para prevenir e controlar a rinite alérgica:

– Evite vassouras e espanadores de pó; opte por aspiradores de pó e passe pano úmido pela casa para eliminar os ácaros;
– Evitar travesseiro e colchão de paina ou pena;
– Limpe regularmente o estrado da cama;
– Lave regularmente as roupas de cama e cobertores;
– Evite carpetes e cortinas; prefira pisos laváveis e persianas feitas de materiais que podem ser limpos com pano úmido;
– Evite bichos de pelúcia e objetos que acumulam pó facilmente;
– Mantenha os ambientes bem arejados;
– Evite banhos muito quentes e oscilações bruscas de temperatura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *