Como combater as alergias respiratórias

Estima-se que 30% da população brasileira tenha algum tipo de alergia, de acordo com dados da ASBAI (Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia). Entre as complicações mais comuns estão as alergias respiratórias – consideradas um dos maiores problemas públicos de saúde.

O tempo frio e seco é um dos agravantes para as alergias respiratórias, como asma e rinite, que acometem boa parte da população. Nesses períodos, os agentes causadores das reações alérgicas permanecem por mais tempo no ar provocando as crises.

Ambas as doenças afetam a qualidade de vida, levando à indisposição e à baixa produtividade para a realização de tarefas do dia a dia.

O que é alergia?

A crise alérgica é uma hipersensibilidade do organismo ao entrar em contato com um agente alérgeno.

Fatores alérgenos

A alergia é uma característica 50% hereditária e 50% desencadeada por agentes alérgenos, como ácaros, pelos de animais, poluição, perfumes e medicamentos, por exemplo.

O que fazer para evitar

  • Mantenha a casa sempre arejada;
  • Use panos úmidos e aspirador; dispense vassouras e espanadores, pois eles apenas mudam o pó de lugar;
  • Limpe filtros de ar-condicionado e pás dos ventiladores semanalmente;
  • Cortinas e persianas são sempre depósitos de ácaros. Prefira os materiais e modelos fáceis de lavar, como algodão;
  • Mantenha longe objetos que acumulam poeira, como ursos de pelúcia;
  • Utilize água sanitária para limpar a casa. Ela ajuda a eliminar a proliferação de fungos;
  • Lave cobertores e casacos que estão guardados antes de os utilizarem;
  • Limpe as narinas com soro fisiológico. O ar seco faz com que o nariz acumule impurezas, por isso o soro fisiológico ajuda a manter a mucosa nasal e as vias respiratórias limpas;

No caso de quem tem asma, a mudança brusca de temperatura irrita os brônquios, agravando o problema. Portanto, evite sair ao ar livre quando as temperaturas estiverem mais baixas, como por exemplo, no período da noite.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *