A importância dos exames de check-up

Os exames de check-up são ferramentas importantes para avaliação do estado de saúde e prevenção de doenças. É por meio dessas avaliações rotineiras que se pode identificar condições que se instalam de forma silenciosa, como o diabetes, a hipertensão, o colesterol alto e alguns tipos de câncer.

 

O check-up médico também auxilia o especialista a direcionar medidas de prevenção de doenças por meio de orientações e programas que envolvem alimentação adequada, prática de exercícios físicos, vacinação, etc.

 

Qualquer pessoa pode realizar um check-up. Basta pedir orientações ao médico. Conheça a seguir alguns dos exames de rotina mais comuns:

 

Hemograma: o hemograma é um dos exames de sangue mais solicitados pelos médicos. Ele ajuda a avaliar diferentes elementos do sangue e aspectos de saúde, como, por exemplo, se há anemia; como está a função dos rins; índices de colesterol e o perfil lipídico, que revela se há ou não risco para problemas no fígado, aterosclerose, AVC ou hipertensão arterial, entre outros problemas.

 

Mamografia

A mamografia é um dos principais exames para o diagnóstico do câncer de mama. Funciona como uma radiografia das mamas, que permite a identificação de nódulos e lesões mamárias. Deve ser realizada anualmente a partir dos 40 anos.

 

Papanicolau

O Papanicolau é um exame importante e fundamental para prevenir o câncer de colo uterino. Todas as mulheres devem realizar o exame, principalmente depois da primeira relação sexual. Entretanto, mesmo não tendo vida sexual ativa, as mulheres adultas precisam fazer o papanicolau uma vez por ano. Neste exame, são colhidas algumas amostras de células do colo do útero.

 

PSA (Antígeno Prostático Específico)

Complementar ao exame do toque prostático. A verificação do índice desse antígeno no sangue é importante para a detecção do câncer de próstata ou prostatite. O exame é indicado a partir dos 45 anos.

 

Exame de urina

Atualmente existem três tipos de exames. O exame urina tipo 1, também chamado de urina EAS (Elementos Anormais do Sedimento), é o mais comum.

Por meio do Urina tipo 1, são avaliados fatores como glicose, proteínas, PH, densidade, cetonas, bilirrubina, urobilinogênio, leucócitos, sangue e nitrito.

 

Eletrocardiograma

A saúde cardíaca deve ser acompanhada regularmente. O eletrocardiograma pode ser usado para detectar ou acompanhar irregularidades no ritmo cardíaco (arritmia), defeitos cardíacos, problemas com as válvulas do coração, artérias bloqueadas, entre outros.

 

Você sabia que o CURA oferece serviços de excelência em análises laboratoriais e de imagem? Para mais informações, acesse o nosso portal http://www.cura.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *