Tuberculose ainda preocupa

A tuberculose é frequentemente vista como uma doença do passado, porém ela nunca deixou de existir. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, ela está entre as 10 maiores causas de morte no mundo.
Causada pelo bacilo de Koch, a doença afeta os pulmões e pode atacar também outros órgãos. Apenas 10% das pessoas que entram em contato com a bactéria desenvolvem os sintomas.
No entanto, os indivíduos com sistemas imunológicos comprometidos, como os desnutridos, soropositivos, diabéticos e tabagistas têm um risco muito maior de adoecer. A tuberculose pode ser tratada com antibióticos, administrados por no mínimo seis meses.

Vacina BCG: prevenção começa a partir do nascimento

A tuberculose pode ser prevenida por meio da vacina BCG, que pode ser aplicada em dose única, a partir do 1º mês de vida. Entretanto, não é recomendada para adultos.

A vacina diminui as chances de contaminação das formas mais graves da doença. Porém, mesmo imunizada, a pessoa pode desenvolver a doença, se estiver nos grupos de risco.

Portanto, pessoas que têm amigos ou familiares mais suscetíveis à contaminação devem se precaver, principalmente se a pessoa apresentar algum sinal da doença. Até que seja feito o tratamento, a doença é altamente contagiosa. Lavar as mãos sempre e evitar contato com as secreções são ações importante, uma vez que a doença é transmitida pela saliva, espirro e tosse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *